Depoimentos Curriculo Perfil Destaques Palestras Premiações Minhas Bagagens Minhas Bagagens Premiações Palestras Destaques Perfil Curriculo Depoimentos
Minhas Bagagens Premiações Palestras Destaques Perfil Curriculo Depoimentos
Minhas Bagagens Premiações Palestras Destaques Perfil Curriculo Depoimentos
.
..Cases de sucesso |
 
.16 . .
 
Liderança, Motivação e Potencialização da capacidade existente
 
.

Em 14 de novembro de 1845, nasceu uma empresa cuja trajetória marcaria a própria história do mercado de seguros no Brasil. Criada na então capital federal, o Rio de Janeiro, a Argos Fluminense foi uma pioneira desde seus primórdios.

 

Sua fundação deu-se antes mesmo da promulgação do Código Comercial de 1850, que regulamentou e impulsionou o setor de seguros no País. Cento e sessenta anos mais tarde, essa mesma empresa demonstrou novamente como o talento de pessoas motivadas e comprometidas são capazes de escrever novos capítulos de uma grande epopeia.

.

Adquirida em 1973 pela Chubb Corporation, em 2005 a seguradora surpreendeu analistas e profissionais da imprensa especializada. O desempenho extraordinário da seguradora, cujo nome fora alterado em 1992 para Chubb do Brasil Cia. de Seguros, lhe permitiu conquistar várias posições no ranking do mercado.

Isso num setor extremamente competitivo, disputado por conglomerados de atuação global e por grandes concorrentes locais.
.
.

A explicação para tal desempenho é simples: mais do que comemorar as conquistas do passado, os colaboradores da seguradora viram-se envolvidos na implementação de uma estratégia responsável pelo lançamento das bases do sucesso da corporação nas próximas décadas. De fato, em poucos meses, a liderança de Acacio Queiroz, executivo alçado aos postos de presidente e CEO da companhia em janeiro de 2005, deu à subsidiária brasileira da Chubb Corporation o brilho e o destaque dignos do peso de sua marca no exterior.

Entre as primeiras iniciativas do executivo à frente da companhia esteve o cumprimento de uma extensa agenda de visitas a diversas localidades. Com a medida, estreitou o relacionamento com corretores de seguros e conheceu as diferentes necessidades nas mais variadas regiões de um país de dimensões continentais. Paralelamente, lançou um arrojado plano de reposicionamento da empresa. Até então reconhecida especialmente por sua atuação no segmento de Personal Lines, com produtos voltados à proteção do patrimônio de pessoas de alto poder aquisitivo, a Chubb passou a vislumbrar novos horizontes. Isso, claro, sem abrir mão de suas vantagens competitivas.

No centro da estratégia

Em meio às providências adotadas pelo novo capitão destacam-se a diversificação de portfólio e a adoção de medidas voltadas ao ganho de produtividade em todas as áreas da companhia. O reflexo desse esforço pode ser percebido não apenas nos resultados expressivos apresentados no balanço de 2005. O destaque fica por conta também do ganho de produtividade. A relação de prêmios emitidos por funcionário simplesmente dobrou em apenas um ano, saltando de US$ 487 mil, em 2004, para US$ 912 mil, em 2005. Graças a esse desempenho, a subsidiária brasileira conquistou o prêmio de melhor performance entre as filiais da Chubb na América Latina.

Em meio aos segredos dessa performance extraordinária está a capacidade de o novo presidente motivar a equipe, envolvendo os profissionais no desafio de escrever a história da seguradora nas próximas décadas. Vale destacar que toda essas transformações foram feitas basicamente com o mesmo quadro de profissionais com o qual a companhia contava em 2004. Não foi por acaso, inclusive, que a Chubb do Brasil foi a única seguradora atuante no País a figurar na edição 2005 do Guia Exame - As Melhores Empresas para Você Trabalhar.

O ranking é fruto de um minucioso trabalho de pesquisa e avaliação desenvolvido pelo Great Place to Work Institute para duas publicações especializadas de grande repercussão: a Revista Exame e a Revista Você S/A. A rápida assimilação pela corporação do plano de ação proposto e a motivação de seus colabores ficam evidentes ao se comparar os resultados de 2005 da companhia aos do ano anterior.

Desempenho singular

De janeiro a dezembro, a Chubb Seguros registrou uma evolução de 68,8% no montante de prêmios retidos, em relação ao desempenho de 2004. Graças a essa performance, a empresa avançou quatro posições no ranking da Susep (Superintendência de Seguros Privados), saltando da 21ª para a 17ª colocação. Em termos de prêmios emitidos, a companhia registrou uma evolução de 60,5% e ganhou três posições no ranking do mercado, evoluindo do 21º lugar para o 18º. Ainda de acordo com a Susep, a empresa obteve o maior crescimento orgânico entre as 20 maiores companhias de seguros do Brasil.

Já o lucro líquido no período foi de R$ 22,5 milhões, com crescimento de mais de 8.400% em relação ao registrado no balanço de 2004. O índice combinado, de 80,8% (contra 100,9% em 2004), também foi um dos melhores de sua história. Esse desempenho, inclusive, demonstra a consistência de todo o trabalho realizado, pois permitirá à Chubb manter sua trajetória de crescimento ao longo de 2006. A meta é investir nos segmentos nos quais a companhia tem destaque e desenvolver alianças estratégicas de longo prazo com os corretores.

O resultado das operações de seguros antes dos tributos cresceu 382%, alcançando R$ 29 milhões, contra R$ 6 milhões em 2004. O resultado financeiro foi de R$ 17,2 milhões, 248% superior ao do ano anterior. Os sinistros retidos em 2005 decresceram doze pontos percentuais, caindo de 49,2% para 37,4%. As despesas de comercialização decresceram um ponto percentual (de 19,7% para 18,4%) e as despesas administrativas caíram seis pontos percentuais, passando dos 26,7% registrados em 2004 para 20,3% em 2005.

Velocidade máxima

Quando se observa as dimensões e a velocidade com que todo o processo de aperfeiçoamento e de mudanças foi implementado na Chubb Seguros, fica fácil perceber o quanto o trabalho realizado é excepcional. Talvez o melhor parâmetro para avaliar essa singularidade seja a própria expectativa da Chubb Corporation com relação à sua operação no Brasil. No início de 2005, ao aceitar o desafio de assumir a subsidiária brasileira de uma das maiores seguradoras do mundo, Acacio Queiroz comprometeu-se com a entrega de todos os resultados apresentados até aqui. A diferença está no prazo acordado para o alcance desses objetivos. Na verdade, a equipe brasileira tinha o período de cinco anos para bater as metas superadas em apenas 12 meses.

Essa é a maior prova de como uma equipe motivada pode, da soma do potencial de cada profissional, contabilizar um resultado muito maior do que a soma das partes. O segredo para tanto está na capacidade de um líder capaz de motivar e de conduzir uma equipe rumo aos objetivos traçados.

.
Quadros resumo
..
 
.
.
DEPOIMENTOS
LIVROS VIRELID CONTATO
       
 
                   
Copyright © Acacio Queiroz 2016
Twitter Face Book Youtube Google
Perfil Curriculo Depoimentos Destaques Palestras Premiações Minhas Bagagens Twitter Face Book Youtube Google Acacio Queiroz